sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Mais que um ponto de entrega

Eu não mereço tudo o que Deus é, mas Ele quis ser tudo isso em mim. Eu não mereço tudo o que Deus fez e faz, mas tudo foi por mim e para mim. Deus me enxerga de um jeito todo louco e todo lindo demais. Me sonda e ainda assim  continua comigo. Tipo assim, Ele me SONDA e continua comigo! (Você tem noção do que é um deus grande te investigando? E ainda assim, te amando?) Independente do que haja em mim, o amor permanece o mesmo.
Ele não é um ponto de entrega aonde você só vai quando precisa buscar um pedido, uma encomenda. Ele não é um deus qualquer o qual só recorremos quando precisamos de algo. Esse Deus é pai, conselheiro, amigo, irmão e o que quer que precisemos que Ele seja. Tudo o que a gente realmente precisa está Nele. Se por acaso necessitamos de um pai, Ele supre nossa necessidade de pai, se precisamos de um abraço e não encontramos isso em ninguém por perto Ele supre essa necessidade também (quantas vezes senti o abraço Dele no meu quarto, sozinha...). Ele é mais do que geralmente nós percebemos. E quer ser muito mais do que geralmente achamos que Ele pode ser. Precisamos olhar para Ele com um olhar mais amplo. Ele está pronto para nos ouvir a todo instante mesmo já sabendo tudo o que temos a dizer, e isso porque Nele existe um amor que não entendemos e o que para nós é desnecessário (gastar tempo ouvindo o que já sabemos), para Ele é a coisa mais preciosa poder ter um tempo conosco, mesmo que seja para ouvir o que Ele já sabe. Ele não gasta tempo, mas investe tempo em nós. Ele planeja investir toda a eternidade ao nosso lado! Esse é um dos prazeres Dele em nós, estar conosco, nos compreender.
Ele gosta que nos sintamos amados, importantes. Apesar de sua grandeza cobrir tudo o que qualquer ser humano um dia consiga ser. Que Deus lindo eu tenho! Que Deus incrível você pode ter!
Absurdamente maravilhoso demais! Tentar descrevê-lo é uma tarefa impossível, Ele é tanto em um só. Ele é tudo de forma tão única! Simplesmente, não tem como não amá-lo.
A única coisa que quero frisar aqui, é que Ele é muito mais do que conseguimos imaginar e sim, é muito mais do que um Deus que pode fazer o que queremos. Mais do que fazer, Ele quer ser. Mais do que poder, Ele é! Não se esqueça disso! E então busque mais do que há Nele antes de se achegar apenas pra fazer sua lista de pedidos rotineira.

Bjuuuu

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Quem pediu tua opinião?

Nos últimos dias tenho pensado muito no quanto aquilo que dizemos tem efeito, e no quanto aquilo que dizemos diz a nosso respeito.
Há umas semanas atrás fiz um desafio em que eu não deveria dar minha opinião por uma semana. Eita coisa difícil! Quem me conhece sabe que não sou a pessoa mais falante do mundo, mas simplesmente ter que proibir aquela opinião de sair da tua boca e pensar todas as vezes que algo vinha a mente foi absurdamente difícil.
Apesar dessa dificuldade toda naquela semana, as semanas que se passaram me ensinaram mais ainda. Agora posso dar opiniões a vontade, porém tenho me preservado a minha insignificância e falado menos ainda. Tenho percebido como as pessoas vivem “exaltando” e relembrando os erros alheios. Oh coisa feia gente!
Estava assistindo um vídeo da Fabi uma tarde dessas (vou deixar o link do canal e uns vídeos logo abaixo) e ela falava justamente disse. Como nossa mente guarda tão bem a falha do fulano de cinco anos atrás e apaga qualquer acerto desse mesmo alguém atualmente! É insano! E mais que isso, é falta de amor meu povo!
Por que quando certos assuntos vêm à tona somos os primeiros a levantar as questões polêmicas? Por que queremos SÓ relembrar aquele com quem estamos conversando o quão errado foi o que a tal pessoa fez em algum momento da vida dela? Por que, por que não deixamos de lado as falhas e falamos o que esse ser fez de bom? Por que não lançamos no mar do esquecimento como o próprio Deus provavelmente já fez?
Quando vivemos naturalmente aquilo que é natural do ser humano floresce, e você nem precisa viver para entender, eu já te digo de antemão que coisa boa não é. Somos naturalmente pecadores, egoístas, fofoqueiros, ciumentos, e etc., e etc.Porém quando vivemos segundo o Espírito, algo sobrenatural acontece, e aquilo que nossos olhos carnais veem como o escândalo do ano, nossos olhos espirituais veem como O motivo para entrarmos no nosso quarto e orar. Aquilo que em algum momento foi horrível hoje nem é mais lembrado. É assim que devemos ser, é assim que Deus que ele vê e assim que precisamos ver todas as coisas também.
Aliás, já diz nossa maravilhosa guia chamada bíblia sagrada em Efésios 4.29: “Tenham cuidado com a maneira de falar. Nunca saia da boca de vocês nenhuma besteira ou baixaria. Falem apenas o que é útil e que ajude os outros. Cada palavra de vocês deve ser um presente”.
E aí, tá todo mundo gostando dos seus presentes ou você precisa começar a escolhê-los um pouco melhor?


                                                    - Teu passado não te condena

                                         - Qual a maneira certa de orar com alguém
E aqui vai o link onde você encontra todos os vídeos da Fabiola Melo! Passa por lá...
Fabiola Melo no YouTube

Bjuuu! Não esquece de comentar aqui o que achou, hein!

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

RESENHA - Eu disse adeus ao namoro por Joshua Harris


Hey! Tudo bem contigo?
O título do livro que vou comentar hoje pode te parecer um tanto assustador, radical e desanimador, mas.... Calma! Não é o fim do mundo! Na verdade, esse é um livro incrível, amei ler, e li super rápido. A leitura é muito gostosa, o autor fala numa linguagem bem tranquila, ah e o mais bacana, você encontra esse livro para baixar em PDF. Se é daquelas pessoas que gosta de ler mas não tá a fim de carregar livro pra onde vai, seu problema está resolvido! kkkkkk Baixa no celular e curte o aprendizado!
E que aprendizado, diga-se de passagem. Aprendi muito, muito mesmo com esse livro. Sempre li sobre relacionamentos, mas creio que esse seja o livro mais detalhado que já li sobre o assunto de namoro.
Bom, vamos ao que interessa. No livro Joshua conta algumas experiências, histórias fictícias porém super "reais" e atuais, dá dicas, passos, e explica muito bem como viver a proposta do livro. Penso que mesmo que você não queira literalmente dizer adeus ao namoro, esse livro está cheio de conteúdo para te ajudar no teu relacionamento, seja você cristão ou não. Ele abre a mente da gente em várias questões como, fazer a pureza dos outros uma prioridade, saber que mesmo quando solteiro há muitas coisas a se fazer e muito o que aprender para estar pronto para O relacionamento. Também mostra alguns hábitos de namoros defeituosos, ensina o verdadeiro e profundo significado da intimidade física, fala de egoísmo, de caráter, de avaliar como "a pessoa em que estamos interessados" se relaciona com Deus, com as pessoas, de definirmos bem alto nossos padrões. Trata, em minha humilde opinião, tudo o que um solteiro precisa saber, tudo o que quem namora urgentemente deve aprender e tudo o que o casado deveria sem sombra de dúvidas entender.
O principal no livro ( para mim) é a questão da amizade, o autor diz que " ao invés de esperarmos até que a amizade floresça totalmente, nos atiramos no romance", e você verá durante sua leitura o quanto ele está coberto de razão e o quando devemos nos policiar nesse sentido. Podemos e devemos cultivar melhor nossas amizades, valorizá-las, e não pular a fase da amizade para ir direto para a fase romântica da relação. E no final de tudo ter uma vida de que possa se orgulhar, um relacionamento que valha a pena, saber a hora certa de se relacionar e evitar zilhões de problemas e desilusões desnecessários.
Resumindo, ler esse livro será um investimento para sua mente e inteligência emocional. Não dá pra não aprender! Portanto, "Eu disse adeus ao namoro" é mais que recomendado! Leia!

"Quando avaliamos a qualidade do nosso amor por alguém apenas pela nossa própria realização emocional, nós praticamos o egoísmo" - Joshua Harris


quinta-feira, 1 de outubro de 2015

UMA VIDA QUE VALE A PENA

Fazer a vida valer a pena. Essa frase nunca mais saiu da minha cabeça após a leitura de um livro incrível um tempo atrás. Realmente penso que todos nesse mundo devem fazer suas vidas valerem a pena. E talvez, seu pensamento a respeito disso seja que fazer tudo o que der vontade é um jeito de fazer isso. Ou não colocar limites em nada, viver um dia de cada vez, não pensar demais nas conseqüências, não ser certinho demais, curtir tudo o que for possível, não abrir mão de grandes sonhos, de grandes amores e paixões..... e, a lista pode ser a imensa.
Porém, preciso dizer que meu pensamento contraria todas essas opções. Na verdade, meu pensamento nem é originalmente meu, e sim de alguém muito maior e mais sábio que essa pessoinha que escreve agora. Esse alguém me mostrou um dia que há muito mais valor em viver a vida com o propósito de que minhas maiores conquistas, meus grandes feitos sejam eternos. Que minhas atitudes tenham um valor eterno. E aí você pode me perguntar, “como isso é possível?”. Bom, felizmente aquele que me mostrou isso tinha a resposta. Aliás, mais que uma resposta Ele era e é o verdadeiro motivo para isso tudo.
Pense comigo. Um presente provavelmente um dia se acaba, comidas entram por um lugar e acabam saindo por outro, coisas matérias, físicas, quaisquer que sejam, passam. Mas, palavras ficam na mente das pessoas, a forma como as tratamos ficam guardadas em suas mentes, o jeito como reagimos a uma situação extrema pode dizer muito a nosso respeito. Enfim, atitudes sempre são lembradas. Agora o que deixa tudo isso com muito mais brilho é o motivo. Se por exemplo, você me dissesse algo bacana que me fizesse acreditar em Deus, e por causa disso eu começasse a segui-lo, e então ao fim da vida eu fosse para o céu. Isso significaria muito mais que uma simples atitude bacana, isso seria uma atitude com um grande valor eterno. Se eu fosse pro céu, ficaria lá pela eternidade, certo? Pois bem, é mais ou menos essa a idéia.
Como já deve imaginar aquele alguém que me mostrou essas coisas foi Deus, e por Ele vejo razões de sobra para viver minha vida com o desejo de fazer algo mais que existir, fazer coisas que tocarão vidas, agir no dia a dia de forma que pessoas sejam impactadas ou surpreendidas, dizer algo que provavelmente não se diria num momento difícil, ser alguém fora da normalidade, do sistema comum e óbvio. Ser diferente. Isso me inspira, e me dá uma leve noção do que seria fazer minha vida valer a pena para um Deus tão imenso como o meu. Eu realmente quero chegar no céu um dia, mas fazer minha vida valer a pena inclui levar várias pessoas comigo e poder dizer a Deus quando chegar lá que eu fui útil pra essas pessoas o conhecessem e o quisessem como eu queria.
Pense nisso. Vai valer a pena.
Minha foto

Camila Cristine, 22 anos. Apaixonada por Jesus e pelos sonhos Dele. Louca por compartilhar quem meu amado é e por fazer que mais pessoas conheçam meu Amor.